terça-feira, 17 de novembro de 2009

Passo a passo do desenvovimento do bebê no útero materno



10 semanas

A partir da décima semana começam a amadurecer as conexões entre os músculos e o sistema nervoso periférico, pelo que os movimentos começam a ser cada vez mais frequentes. Também aparecem os reflexos de abertura e fecho da boca e das mãos.


Na semana 11 começa a funcionar o aparelho digestivo.Na semana 12, o sistema nervoso amadurece de tal maneira que o feto já realiza movimentos de respiração e sucção, e começa a beber líquido amniótico. Completou-se totalmente a formação dos órgãos e dos sistemas, e de agora para a frente apenas amadurecerão.


Quarto mês

Durante o quarto mês observa-se a maior velocidade de crescimento. A maior parte do crescimento produz-se no corpo e nos membros, mas não na cabeça, pelo que as características se assemelham cada vez mais às de um recém-nascido.


o esqueleto passa a ser de ossos em vez de cartilagens, completa-se o sistema reprodutor das meninas, e os movimentos são cada vez mais intensos, a tal ponto que a mamãe começa a percebê-los. Além disso, o bebê começa a engolir e a excretar líquido amniótico, o que significa que se inicia o ciclo fetal líquido, ou seja, a participação do feto na formação do líquido amniótico.


Quinto mês

no quinto mês ja está tão bem formado que pode-se pensar que ja sobrevive fora do útero materno.No entanto, os pulmões ainda não se encontram suficientemente prontos para poder respirar. Além disso, o sistema digestivo não pode ainda receber alimentos e o bebê não é capaz de regular a sua temperatura, provavelmente por falta suficiente de gordura para guardar o calor.


Neste momento se formam as sobrancelhas, o cabelo da cabeça e o lanugo um pêlo muito suave e fino que rodeia toda a superfície corporal. Este lanugo serve para conservar o calor e é possível visualizar os movimentos ocularesdo bebê.


Sexto mês

Neste momento, o bebé está vermelho, fraco e enrugado, devido ao fato do sistema capilar se encontrar em pleno desenvolvimento e à falta de tecido gordo. O peso aumenta de 400 à 800 gramas.Os alvéolos começam a formar o surfatante, uma substância que permite as trocas gasosas ao respirar.


O crescimento dos alvéolos evolui até quase aos 8 ou 9 anos de vida.Isso é um exemplo que o desenvolvimento de um individuo não termina no nascimento.Os buraquinhos do nariz abri-se e o feto mantém os seus movimentos respiratórios.


Sétimo mês

Neste período os olhos di bebê se abrem e podem perceber a luz. O bebé já pode ouvir, cheirar, degustar e tem atitudes reflexas perante o tato e os estímulos. O pêlo que cobria todo o corpo, agora só se encontra na cabeça, nas costas e nos ombros. Além disso, também está presente, em forma de lanugo, no líquido amniótico.Nos meninos, os testículos descem do abdómen para o escroto.


Oitavo e Nono mês

Durante o oitavo mês o bebé cresce muito pouco em peso e em altura. No entanto, a gordura já cobre a maior parte do corpo. O nono mês crescimento continua , sobretudo nos membros superiores e inferiores.A pele já é branca, as unhas cresceram e o lanugo desapareceu.


Como vimos os primeiros meses de vida de um individuo é um constante desenvolvimento continuo,em que o meio externo tem profundas implicações em todo esse desenvolvimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário